Dez coisas legais para fazer em Sydney que você pode incluir no roteiro da sua viagem pela Austrália

Sydney está entre as cidades que mais gostei de conhecer em toda a minha vida. A cidade tem um espírito jovem, é muito organizada, cercada pela natureza e é linda demais. Nesse post eu listo as coisas que mais gostei de fazer e que recomendo para você que está planejando uma viagem pela Austrália! Aproveite!

1- Caminhar da Opera House até a Harbour Bridge
Essas duas atrações ficam na Baía de Sydney e juntas formam os mais famosos e bonitos símbolos da cidade de Sydney. A ordem da caminhada não importa. Aqui o que vale mesmo é caminhar com tranquilidade e aproveitar a vista que é das mais lindas! Falei mais sobre isso aqui.

2- Trilha entre Bondi e Coogee beach
Caminhar entre as praias Bondi e Coogee é um dos passeios mais famosos de Sydney. A trilha que tem pouco mais de 5 quilômetros é toda feita à beira mar e tem uma vista incrível. Minha dica é fazer a trilha ao contrário e encerrar a caminhada em Bondi Beach para dar um mergulho nessa belíssima piscina! Tem post sobre esse paraíso aqui.

3- Passar uma tarde no Taronga zoo
Aqui está uma ótima dica para quem viaja com crianças, mas que também diverte adultos. Esse zoológico tem mais de 100 anos e é enorme! Por aqui girafas, lêmures e elefantes dividem espaço com coalas e cangurus, os símbolos da Austrália! Tem dicas aqui!

4- Andar de Ferry
Se você optar por visitar o Taroga zoo, com certeza já terá essa vista. Se não, opte por algum passeio de barco. A vista, meu caro amigo, compensa, tá?! rs

5- Pôr do sol no Royal Botanic Gardens
Repleto de animais e plantas exóticas, esse parque é lindo por si só. Mas ele tem um plus que é uma vista única da Baía de Sydney. O mais legal é que o sol se põe bem entre a Harbour Bridge e a Opera House, o que faz esse espetáculo ser único. Não deixe de incluir essa belezura no seu roteiro! Tem mais dicas aqui!

6- Tomar um chopp no The Rocks
O the Rocks é um dos bairros mais antigos de Sydney e ele é super famosos por abrigar Pubs de todos os estilos. O meu favorito foi o The Lord Nelson Brewery, que além de oferecer cerveja de ótima qualidade, é super charmoso! Vale a visita! Para saber mais é só clicar aqui.

7- Passear pela The Rocks Markets
Essa é uma das feiras mais famosas de Sydney. Ela acontece todos os sábados na rua principal (George St) do bairro The Rocks e vende de tudo um pouco: roupas, sapatos, frutas, artesanatos e muita comida boa! Aproveite!

8- Jantar em Darling Harbour
Aqui está uma região mega charmosa que fica no píer de Sydney. Aqui existem dezenas de bares e ótimos restaurantes, perfeitos para aproveitar a queima de fogos que acontece sempre aos sábados.

9- Ver os incríveis animais do Aquário de Sydney
Aproveite que estará na região de Darling Harbour para conhecer o mega aquário de Sydney. Ele é um dos maiores do mundo e reúne 650 espécies diferentes de animais marinhos entre tubarões, arraias, tartarugas e pinguins. Contei mais sobre essa experiência aqui nesse post. 

10- Almoçar na Baía de Sydney
Bem ao lado da Opera House existe uma orla repleta de bares e restaurantes. Acho que é um dos lugares mais bacanas que já vi para um happy hour na minha vida! E a vista, nada mal né? rs

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

Grande Barreira de Corais: confira dicas de como conhecer esse incrível paraíso que fica na Austrália

A grande barreira de corais é assunto sério! Além de ser a maior entre todas as barreiras de corais (a ponto de ser vista do espaço), ela tem uma riqueza de fauna marinha que nenhum outro lugar desse mundão tem. Por essas e outras qualidades, a grande barreira de corais foi eleita uma das sete maravilhas do mundo e declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Acho que ficou fácil entender os motivos que levam tanta gente a visitar esse lugar, não é mesmo? Bom! Como já contei aqui, ficamos baseados em Hamilton Island, mas muita gente também escolhe se hospedar no continente, em Airlie beach. Mas o passeio é o mesmo, já que a maioria das empresas param de porto em porto para pegar os turistas.

Fomos até a grande barreira de corais à bordo do barco da Cruise Whitsundays, a mesma empresa que nos levou para Whitehaven Beach e Hill Inlet. A viagem é um pouco demorada, mas nada que não dê para passar o tempo comendo alguns snacks e olhando a vista que é linda do início ao fim.

Chegando na GBC, o diferencial da Cruise Whitsundays é que eles têm uma super plataforma ancorada lá, com mesas, cadeiras, espreguiçadeiras e todo equipamento de mergulho e snorkel que você possa precisar. Então mesmo que não mergulhe ou esteja com crianças, vale o passeio.

Nosso passeio aconteceu em maio, entre o fim do outono e o começo do inverno, então vou ser sincera como sempre: apesar de ser inexplicável o quanto esse lugar é lindo, não pudemos aproveitá-lo da melhor maneira.

Isso porque, apesar de estar fazendo muito sol, a água estava gelada e agitada, por conta dos ventos fortes e constantes. Tudo isso deixou a água um pouco turva. Ainda assim, é um lugar fantástico, impossível de não mergulhar e se sentir sortuda por estar ali.

Pra você ter uma ideia do quando a GBC é gigante, saiba que ela se estende por mais de 2.300 quilômetros e dentro desse espaço há mais de 600 ilhas e três mil recifes de corais. É muita, mas muita coisa mesmo! As meninas do blog Mala de Aventuras fizeram um post lindo contando como foi mergulhar nessas águas. 

Ah! Mas tenho medo!
Bom, se mesmo com colete e boia você tem medo de fazer até snorkel, não tem problema! Esse tour que fizemos possui um barco com partes do chão e laterais de vidro. Assim você pode ver boa parte dos corais, peixes coloridos, cardumes, sem sequer se molhar!

Valores
Como contei acima, fizemos todos os passeios com a Cruise Whitesundays. Os valores dos passeios oferecidos por ela são um pouco maiores do que algumas outras empresas que encontrei pela internet, mas assim como no passeio à Whitehaven beach, aqui na Grande Barreira de Corais a empresa também tem um diferencial, que é uma plataforma enorme, garantindo mais espaço para todos.

Outra coisa bacana é que este passeio dura o dia todo. O barco sai do porto por volta das 8h30 da manhã e só retorna às 17h. Tempo de sobra para aproveitar essa maravilha!

Fomos em maio de 2016 e pagamos cerca de 240 dólares por pessoa nesse passeio de um dia. Incluso estavam almoço, snacks e todo equipamento para snorkel, como roupa, colete e máscara.

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

Whitsundays: um dia entre as famosas Whitehaven Beach e Hill Inlet, as praias mais lindas do mundo

As Whitsundays são um conjunto de 74 ilhas que ficam no norte da Austrália. É nessa região que fica a Grande Barreira de Corais e as duas praias mais bonitas do mundo: Whitehaven Beach e Hill Inlet.

A Whitehaven Beach foi eleita várias vezes como a praia mais bonita do mundo. E de fato é uma praia incrível e com uma areia tão branca e fina que é difícil acreditar que existe! Já a Hill Inlet é a MINHA praia mais bonita do mundo! rs E vou falar sobre cada uma delas agora!

Hamilton Island e seu principal meio de transporte: carrinhos de golfe!

Agência da Cruise Whitsundays no porto de Hamilton Island.

Como contei no post anterior, ficamos baseados em Hamilton Island e de lá partimos rumo às Whitsundays. Escolhemos fazer os passeios com a empresa Cruise Whitsundays, que mesmo tendo os preços um pouco maiores que algumas outras empresas que encontrei na internet, os tours dela ficam mais tempo nas ilhas e isso foi determinante. Serviço provado, aprovado e recomendado. 

Saímos bem cedo de Hamilton Island rumo à Whitehaven Beach. Foram algumas horinhas de barco e voilá, atracamos nessa magnífica praia que merece todos os títulos e destaque como a praia mais bonita do mundo. Ah! A Laise do blog Coordenadas do mundo fez um post com dicas bacanas também!  

A praia fica em meio à algumas montanhas, o que a deixa ainda mais preservada. Há estrutura como mesas e banheiro, para que não tenha que voltar ao barco toda hora. Quem quiser também pode caminhar mata adentro até chegar no mirante.

Aqui cabe um comentário: nunca, mas nunca na minha vida tinha visto uma areia tão branca, fina e fofinha. Tudo junto e misturado.

Depois seguimos em um barco menor para outro ponto da praia, onde pudemos fazer snorkel. Pena que não foi um bom dia, pois havia chovido um pouco na noite anterior e a água estava turva. Ainda assim foi uma delícia caminhar por lá!

De volta ao barco seguimos até Hill Inlet, que tecnicamente faz parte da Whitehaven Beach mas fica em outro ponto da ilha. Assim que se desce do barco, começa uma curta caminhada por uma trilha muito bem preservada. Alguns pontos da trilha são feitos em madeira, o que facilita bem.

E eu estava ali, tranquilona, caminhando, vendo os passarinhos quando de repente isso aparece na minha frente:

<3

E aqui… Ahhh (pausa dramática + suspiro)…. aqui eu arrisco dizer para você, pessoa querida que está aí do outro lado da tela e está preparando sua viagem pela Austrália, que ver essa praia valeu a viagem toda! E essa sim, é a MINHA praia mais bonita do mundo!

Existem vários mirantes por aqui. Cada um mostra um ponto diferente dessa praia tão única. Agora um pouco de história: reza a lenda que uma serpente gigante passou por aqui e deixou esses rastros na areia. <3

Sim! É possível caminhar mais um pouco, descer até a praia e dar um mergulho. Como disse acima, ter escolhido uma empresa em que o passeio dura mais tempo, fez diferença. Pudemos caminhar tranquilamente pela praia e eu só não arrisquei um mergulho pois era inverno e a água estava um pouco gelada.

Confesso que NUNCA vi nada igual. Claro que há praias absurdamente lindas em vários lugares do mundo como na Tailândia ou em Curaçao. Mas igual Hill Inlet, NENHUMA! Claro que isso é muito pessoal, cada um gosta e acha bonito coisas diferentes, mas Hill Inlet mexeu muito comigo.

Valores
Como contei acima, escolhemos a empresa Cruise Whitsundays para fazer os passeios. Saindo do porto de Hamilton Island o tour de um dia completo, com roupa e equipamento de snorkel e um belo lanche inclusos custou cerca de 210 dólares australianos por pessoa (valores de maio/2016). 

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram