Post índice: Farellones e Santiago do Chile

Adoro fazer esse post índice com todas as publicações sobre determinado destido. Assim como fiz para a Itália, Ushuaia e Tailândia (e muitas outras), aqui está um listão sobre Santiago do Chile e Farellones.

Começo pelo inverno que não foi tão inverno assim! Fomos em julho de 2015, mas a mãe natureza foi rebelde e a neve demorou a chegar. Também tem os relatos sobre Farellones, Santiago e estações de ski.

Inverno no Chile (quase) sem neve
Farellones, Chile


Farellones: um final de semana na Cordilheira dos Andes
Farellones, Chile

Passeio de um dia pelo Valle Nevado, no Chile
Valle Nevado, Chile
Dicas para esquiar em El Colorado e outras estações do Chile
El Colorado, Farellones, Chile

10 coisas para fazer em Santiago do Chile e arredores
Cerro Santa Lucia, Santiago do Chile
Concha y Toro: degustação e tour na maior vinícola do Chile
Concha y Toro

Onde se hospedar em Farellones e Santiago do Chile
Hostel Chilextremo, Farellones, Chile

Que roupas usar para viajar durante o inverno?
IMG_4209

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram.

10 coisas para fazer em Santiago do Chile e arredores

O Chile é um país de múltiplas belezas: Do deserto do Atacama ao norte à Patagônia ao sul. Tudo é cercado por muita história e muita, mas muita natureza. Quem decide viajar por esse país tão lindo, quase sempre também passa por Santiago e é por isso que hoje eu listo 10 coisas para se fazer na capital e arredores, como Farellones. É importante dizer que Santiago vai muito além dos 10 itens dessa lista, mas acho que é um belo começo para conhecer.

Então, esse post é quase um mini-roteiro. É só ver o que te interessa e distribuir de acordo com a quantidade de dias que tiver pela cidade (eu fiz em uma semana).

1 – Cerro Santa Lucia
Há vários morros em Santiago e o Cerro Santa Lucia é um dos mais famosos. Aqui está um ótimo lugar para relaxar e curtir uma área verde enorme, com direito a banquinhos e muita preguiça. De brinde ainda é possível subir até o mirante e – se a poluição de Santiago deixar – ter uma ótima vista da Cordilheira dos Andes. Mesmo se não for possível ver a Cordilheira, a vista da cidade também é muito bonita.

Cerro Santa Lucia, Santiago do Chile

Santiago do Chile

2 – Mercado Central
Para falar a verdade, o Mercado Central de Santiago não é tão legal nem tão grande quanto o de São Paulo, mas é um lugar bacana de ir para conhecer mais os costumes dos chilenos. Foi aqui onde provei as melhores empanadas da cidade e o ceviche também não fica por menos. No Mercado Central também é possível encontrar souvenirs e contratar passeios.

Mercado Central, Santiago do Chile

3 – Catedral Metropolitana
Linda. Linda. Linda! Datada de 1789, a Catedral Metropolitana de Santiago é belíssima. Ao adentrar pelas antigas e pesadas portas de madeira, dê alguns passos adiante e depois olhe para trás. Assim você verá o trabalho de iluminação desse lugar repleto de vitrais. Sem contar as imagens de Santos e as paredes e teto riquíssimos em detalhes.Santiago, Chile

Santiago, Chile

4 – Pátio Bella Vista
É uma espécie de galeria que une restaurantes, mercadinhos, souvenirs e agências de turismo, tudo para facilitar a vida do turista. A parte boa é que aqui existem ótimos restaurantes e a parte ruim é que, como é uma área voltada para turistas, as coisas costumam ter preços altos. Mas não se engane, em quase toda a cidade é assim: um lomo a lo pobre, prato tradicional chileno que na prática trata-se de bife, batata frita e ovo frito, chega a custar R$ 50.

5 – Palácio de la moneda
É aqui que trabalha a Presidente do Chile, Michelle Bachelet. O Palácio de La Moneda, como o nome diz, primeiro foi construído para funcionar como casa da moeda e agora é a sede da Presidência da República do Chile. O prédio, que é belíssimo, também abriga o Ministério do Interior, a Secretaria Geral da Presidência e a Secretaria Geral do Governo, por isso está sempre cercado de seguranças.

Santiago, Chile

Santiago, Chile

6 – Cerro San Cristóbal
É um restinho da Cordilheira dos Andes em Santiago e uma das melhores vistas panorâmicas da cidade (quando a poluição/tempo deixam). Pelo que pude perceber em Santiago é um dos lugares preferidos dos moradores e também dos turistas. Há um funicular para subir os mais de 800 metros de altura. A foto é do blog Rock and Road, que tem postagens incríveis sobre o Chile.

Foto: Blog RocknRoad

Foto: Blog RocknRoad

7 – Tour pela vinícola Concha y Toro
Uma delícia passar a tarde caminhando entre as parreiras da vinícola mais famosa do Chile. Até contei aqui minha experiência. Vale tanto para iniciante quanto para os winelovers mais avançados. Além do vinho delicioso, o lugar é muito bonito.Concha y Toro

8 – Almoçar no restaurante Aquí esta coco
Esse é o tópico ostentação! É verdade que não é das opções mais em conta, mas o Aqui está Coco é um dos melhores restaurantes da cidade e faz jus à fama. As refeições são realmente sensacionais e o atendimento idem. Vá para comer ao menos um Ceviche, um dos melhores que já provei na vida.IMG_5028

9 – Ver um pôr do sol em Farellones
Aqui está meu lugar preferido dessa lista! Farellones é uma pequena cidade que fica aos pés da Cordilheira dos Andes e tem uma vista sem igual dos Andes e também de Santiago. É um povoado pequeno, com poucas opções de restaurantes, é verdade. Mas ver o sol se escondendo aos poucos entre as montanhas é surreal de lindo. Está na minha lista dos 5 sunsets mais bonitos que já vi até agora. Aqui tem um post para você programar um final de semana por lá! Farellones, Santiago, Chile

Farellones, Chile

10 – Esquiar
O dia mais divertido e o mais dolorido de toda a viagem. Não, não é fácil esquiar ou deslizar de snowboard montanha abaixo. A verdade é que – a não ser que tenha sorte – você vai levar muitos tombos antes de conseguir parar em pé por uns dez metros. Ainda assim, com certeza vale cada centavo gasto. Se quiser saber como foi minha aventura, aqui está o post com dicas sobre esquiar em El Colorado.

El Colorado, Farellones, Chile

El Colorado, Farellones, Chile

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram.

Concha y Toro: degustação e tour na maior vinícola do Chile

Concha y Toro O tour até a Vinícola Concha y Toro pode ser feito em um bate e volta a partir de Santiago, até já contei como chegar lá de metrô. Agora vou contar como é o passeio regado a vinho e um pouco sobre a história da maior vinícola do Chile, que exporta para mais de 100 países.

Como comentei no texto anterior, escolhemos o pacote básico já que não entendemos quase nada sobre vinhos e usamos o passeio como uma espécie de ‘introdução’ ao assunto.

Mas se você já faz parte da turma do enoturismo, então imagino que saiba bem mais que o básico e daí é preciso escolher outra modalidade de tour.

Chegamos com antecedência ao local porque decidimos almoçar lá. Existe um ótimo restaurante na vinícola e você pode escolher sentar no ambiente interno ou externo. Os dois são bacanas. Eu comi uma salada que estava maravilhosa. Já o Eberson pediu uma empanada e não gostou muito.  Também pedimos um Ceviche, que estava perfeito.

E a louca das portas ataca novamente! haha Não posso ver uma porta ou janela antiga que já saio clicando, gente!

E a louca das portas ataca novamente! haha Não posso ver uma porta ou janela antiga que já saio clicando, gente!

Na hora marcada a guia nos reuniu para iniciar o tour. Achei a turma relativamente grande: de 15 a 20 pessoas, mas vale lembrar que era alta temporada [Julho/2015] e imagino que nessa época qualquer tour fique lotado. Assim que atravessamos o portão já deu para perceber o quanto a propriedade é linda (e enorme).

Portão onde começa o Tour

Portão onde começa o Tour

Concha y Toro

Passamos pelos jardins muito bem cuidados, pela casa construída para abrigar Don Melchor Concha y Toro (fundador da marca) e depois finalmente chegamos aos vinhedos.

Concha y Toro, Chile

Araucárias! <3

Concha y Toro, Chile

Concha y Toro, Chile

Mesmo com a parreiras secas e uma ou outra folha, foi muito bonito de ver. Em cada ponto a guia explicava sobre cada tipo de uva plantado ali, além de falar um pouco mais sobre a história e como a Concha y Toro foi ganhando fama e destaque ao redor do mundo.Concha y Toro, Chile

Concha y Toro, Chile

Concha y Toro, Chile

Seguimos para uma área interna, onde degustamos três tipos de vinho. Nesse momento, mais uma vez, a guia explicou todo o processo de fabricação dos vinhos provados: da colheita ao rótulo. As taças que usamos na degustação são um brinde.Concha y Toro, Chile

Concha y Toro, ChileDepois foi a vez de conhecer o grande segredo por trás do Casillero del Diablo, o vinho mais conhecido (não o melhor) da marca. Nesta parte andamos em meio aos barris cheios de vinho e em determinado momento as luzes se apagam e começa um vídeo com a lenda que cerca o Casillero del Diablo. Não vou contar em detalhes para não estragar a surpresa, mas é uma parte super interessante e uma baita jogada de marketing.

Concha y Toro, Chile

Aliás, quando comecei as pesquisas para montar meu roteiro do Chile, li muitos relatos dizendo que o passeio seria mais um “pega turista”. Mas digo que – ao menos na minha avaliação – é justamente o contrário. Vale dizer que pra mim, “pega turista” é quando não há qualidade do passeio oferecido ou quando não se cumpre o que promete e nesse aspecto, a Concha y Toro cumpre muito bem o prometido já que é justamente o marketing em volta da história com uma pitada de fantasia e muita qualidade é que fazem desse passeio tão legal.

Então recomendo sim a visita, mesmo que não entenda nada sobre vinhos (Eberson nem ao menos bebe vinho e adorou).

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram.