Perrengue de viagem: mala arrombada, como se proteger?

Ah Nova York!

Ah Nova York!

Há pouco mais de um ano eu risquei um destino importante da minha Bucket List: Nova York!  Eu sempre tive vontade de conhecer essa cidade que atrai gente do mundo todo seja por influência dos filmes, fotos ou histórias. Ficamos cerca de uma semana por lá e claro, fizemos algumas compras (principalmente porque era Black Friday). Como normalmente compramos poucas coisas durante nossas viagens, acho que éramos inexperientes na arte de saber o que deveríamos despachar e o que levaríamos na mala de mão.

Tudo isso porque, despachamos itens como vídeo-game, DVDs (minhas séries, gente!) e outros eletrônicos menores em uma sacola de zíper. Achamos que o fato de ter um cadeado inibiria toda e qualquer ação já que “todo mundo veria alguém tentar abrir um cadeado”. Ledo engano.

Nossa mala foi simplesmente arrombada, quebraram o fecho do zíper, tiraram o cadeado e levaram vários produtos (incrível como as roupas sujas ninguém quis o.O).

Nesses casos, a primeira coisa a se fazer é informar a companhia aérea  – ainda dentro do saguão do desembarque. Relate tudo que havia dentro da mala e descreva todos os produtos que sumiram. Vi o representante da companhia duvidar de algumas pessoas, pois estavam sem nota fiscal de alguns produtos novos (guarde sempre, mesmo que não seja preciso declarar aqui no Brasil).

Desde então eu aprendi a reduzir minha mala e só viajo com o que posso levar como bagagem de mão. Para tentar nos proteger de contratempos como esse, sempre que temos que despachar alguma coisa, desenvolvemos alguns métodos (sugerido por uma comissária de bordo), como levar os produtos mais importantes em cima e também de fotografar a mala aberta antes de fechar. Isso ajuda a comprovar os produtos que estavam lá.

Este e o lacre. Fácil de colocar e só pode ser retirado cortando o fio.

Este e o lacre. Fácil de colocar e só pode ser retirado cortando o fio.

Lembrei de contar essa história, pois pouco antes de partir para a Tailândia nós recebemos um kit bem legal da Seal Bag (não, não fomos pagos para falar deles, apenas recebemos o produto para teste). É uma espécie de lacre para colocar na mala ou mochila e o bacana é que eles são numerados.

É claro gente, esse dispositivo não impede o roubo (se nem um cadeado impediu). Mas, você pode tirar foto do item numerado o que facilita a provar que sua bagagem foi mexida.

No nosso caso, primeiro a empresa aérea tentou dizer que a imigração americana teria aberto nossa bagagem. Mas, fique alerta e caso isso ocorra com você, saiba que a imigração SEMPRE cola um adesivo explicando que sua bagagem foi revistada e se algum item foi retirado.

Como não tinha nenhuma informação, a empresa disse que iria nos reembolsar. O que gerou uma queda de braços, que conto outro dia, pois esse texto ficaria enooorme, rs!

Quanto ao lacre do Seal Bag, recomendo para quem quer ter uma segurança a mais na hora de despachar uma bagagem.

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

3 Comentários para: “Perrengue de viagem: mala arrombada, como se proteger?

  1. Ewerton Costa

    Que foda! O pior é que essas empresas não ligam pq sabem que vamos continuar viajando. O jeito é tentar levar mala de mão mesmo.

    Responder
    • Iara Vilela Arquivos do autor: %s

      é difícil mesmo, mas a gente vai criando nossos métodos e o importante é não parar de viajar! 😀

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *