Como fazer uma mala de viagem compacta: Truques e dicas para levar apenas o necessário!

Por mais relax que o viajante seja, sempre chega a hora de pensar em arrumar a mala da próxima trip. E uma mala pesada e mal planejada pode acabar com a tranquilidade de qualquer viagem, principalmente se ela envolve trem ou ônibus.

Não, eu não acho que só é bom viajante quem consegue dar a volta ao mundo com uma mala de mão pesando 5kg. Acho que as pessoas devem ser livres para viajar da maneira que lhe for mais confortável e se você não liga em arrastar uma mala enorme ou tem quem a arraste para você, ótimo! Assunto resolvido!

Eu e toda minha bagagem: na mala roupas e sapatos. Na mochila Ipad, documentos e máquina fotográfica!

Eu e toda minha bagagem: na mala roupas e sapatos. Na mochila Ipad, documentos e máquina fotográfica!

Já eu tenho horror a despachar mala, pois tive uma mala arrombada e produtos valiosos roubados na volta de uma viagem para Nova York.  Então fui aprendendo a desapegar do “Vou levar, vai que precisa” e hoje consigo viajar por um mês com uma mala de mão e uma bolsa/mochila. Mas não foi fácil como um passe de mágica. Por isso hoje mostro para você como isso foi possível!

Essa ‘evolução’ consiste basicamente em duas regras:
1 – Procure produtos e potes “Travel size”
2- Pratique o desapego!

 

Mini-tudo
Uma dica que considero “o pulo do gato” são os objetos travel size, que são produtos minimamente pensados e planejados para você levar praticamente qualquer item que precise só que numa versão bem menor. Assim você vai levar apenas a quantidade necessária para a viagem. Nem mais, nem menos.

Existem potes de 100 ml para shampoo (que é a quantidade máxima permitida para levar na mala de mão), assim você não precisa viajar com a embalagem inteira. Também existem hidratantes, batons, desodorantes, escova de cabelo e até pasta de dente do tipo travel size. Enfim! Tudo em versão mini!

Investir nesse tipo de produto com certeza vai te ajudar a reduzir o peso e o tamanho da mala e a maioria pode ser reutilizado por bastante tempo.

Desapego
Ninguém se desapega das coisas de um dia para o outro, é um processo gradual que exige uma certa dose de esforço. A melhor maneira que encontrei de fazer isso foi planejando bem o que vou levar na mala e com certa antecedência.

Separe as roupas e depois reflita se você precisa mesmo de tantas assim!

Separe as roupas e depois reflita se você precisa mesmo de tantas assim!

Explico: numa viagem de inverno, por exemplo, pego as roupas de frio que tenho e acho que vou precisar, coloco em cima da cama e provo elas! Uma a uma… assim consigo ver as peças que combinam entre si, as que ainda servem e principalmente as mais confortáveis e vou separando.

Se vai viajar no inverno pesado aí que deve fazer isso mesmo! Contei nesse post aqui que roupas usar para viajar durante o inverno. Ele é muito útil!

Depois separo uma quantidade de roupa suficiente para 8 a 10 dias, independente se a viagem dura 15 dias ou um mês. Sempre atenta para levar apenas peças que sei que vou usar.

Sim, lavo algumas roupas na viagem, seja na pia do hotel (que ocorre com mais frequência), na lavanderia do hotel ou em lavanderias espalhadas pela cidade. E sim, repito ‘looks’! Não vejo nenhum problema nisso. Pense bem: você está de férias, não em um Fashion Week.

Como disse acima, levo peças que combinam entre si, então é só trocar uma das peças usadas, colocar uma bijuteria diferente, uma echarpe, um chapéu e pronto! A aparência será outra!

Esse, caro leitor, foi o jeito que EU encontrei em não levar mais aquele monte de coisas que voltam sem uso e só servem para pesar na mala. Claro que cada um tem seu tempo e sua forma de viajar. Volto a dizer que não há fórmula, não há certo ou errado! Ok?!

Na foto: 1 base, 1 corretivo, 3 batons, 1 rímel, 1 lápis, água termal e bronzer.

Na foto: 1 base, 1 corretivo, 3 batons, 1 rímel, 1 lápis, água terma e bronzer.

Necessaire
A regra dos produtos travel size vale principalmente para a nécessaire. Shampoo, condicionador, escova de cabelo e maquiagem. Para quem usa, existe até secador e chapinha em tamanho menor. E a segunda regra também vale aqui: desapego!

Sim, sou mulher e levo base, corretivo, rímel, hidratante e uma série de produtos “indispensáveis” para nós.

Só que levo apenas o que realmente uso e criei uma regrinha pessoal para tentar limitar a quantidade de produtos: tudo precisa encaixar em uma necessaire média, que não cabe lá muita coisa e assim não caio em tentação de levar mil tons de corretivo ou aquela sombra que nunca usei na vida (e não seria na viagem que iria usar, certo?!).

Embalagens compactas são a chave para viajar leve. Aí tem shampoo, condicionador, hidratante corporal e até uma bisnaga a mais de condicionador.

Embalagens compactas são a chave para viajar leve. Aí tem shampoo, condicionador, hidratante corporal e até uma bisnaga a mais de condicionador.

Na foto ao lado estão minhas embalagens para cabelo. São potes de 100 ml, que podem viajar tranquilamente na mala de mão e o melhor de tudo: o pacote com 3 frascos custou 8 reais e dá para usar por um longo tempo.

Pode não parecer muito, mas é suficiente para umas 10 lavagens para quem tem cabelo médio.

Outra dica bacana é levar desses condicionadores em bisnaga vendidos por várias marcas. Cada um rende entre uma e duas lavagens (depende do tamanho da cabeleira) e você pode levar de acordo com os dias que vai viajar e a necessidade de lavagem. Sem peso e sem meleca!

Também existem os itens de higiene pessoal. Alguns como creme dental e escova de dentes no modelo travel size que encontramos facilmente nas farmácias.

Quando a gente se planeja, fica mais fácil encontrar, vejam que ali tem um pacotinho com algodão e até lixa de unha! <3

Esses são os produtos de higiene: pasta de dentre tavel size, bepantol que hidrata qualquer coisa e tem até uma mini lixa de unha!

Esses são os produtos de higiene: pasta de dentre tavel size, bepantol que hidrata qualquer coisa e tem até uma mini lixa de unha!

Mala ou mochila?
Sou suspeita para falar sobre este tópico. Amo comprar mala e tenho duas mochilas de estimação. Uma é pra viajar de mochilão mesmo e a outra é cheia de bandeiras dos países que já visitei coladas nela. Me chame de consumista, mas tenho uma porção de malas pequenas, médias e grandes que cabem uma pessoa dentro! Acho muito pessoal essa escolha, mas a minha lógica é a seguinte:

Mala – se vai viajar para uma cidade grande, vai alugar um carro ou se vai precisar andar pouco até chegar no hotel.
Mochila – se vai ficar zanzando por muitas cidades de trem ou vai andar pra lá e pra cá de metrô e ônibus.

Mas, assim como toda regra, é lógico que pode ser quebrada. É só uma linha de raciocínio que ajuda na hora de me locomover e a ter mais conforto. Na Europa, por exemplo, algumas estações de trem são bem antigas e não possuem elevador e em alguns pontos não há escada rolante. Então imagine só você arrastando aquela mala gigante (ou até a pequena) escada à cima?!

Livros, roteiros e equipamento fotográfico
Eu quase não levo mais livros nas viagens, pois geralmente são pesados, por isso levo somente alguns guias e apenas quando eles são pequenos. Já contei aqui como planejo meus roteiros e faço de tudo para que não tenha mais de 3 páginas. Ele, os documentos e o equipamento fotográfico vão na bolsa, juntos comigo. Também não levo o notebook. Procuro utilizar o tablet, loto ele de artigos, revistas, jogos para passar o tempo e muita música.

DICAS EXTRAS
A seguir vai minha linha de raciocínio sobre como montar uma mala de outono/inverno (média de 10/15 graus)  para 15 dias.

Para uma viagem de 15 dias:
7 blusas de manga (pode ser malha ou lã. Levo metade de cada.)
2 casacos (um mais pesado e outro um pouco mais leve, como uma jaqueta)
2 calças (pode ser jeans ou legging) + a que você viajará vestido
4 camisetas
1 pijama
2 pares de sapato (confortáveis heim?!)
5 pares de meias

É basicamente isso. Essa lista serve para homens e mulheres, o que muda no caso dos meninos é o número de camisetas. Levaria mais camisetas para os homens, pois geralmente eles sentem mais calor.

Essa mesma ideia serve para malas de verão, mas, obviamente é claro que você vai trocar as roupas de manga por roupas leves e frescas, vai deixar uma das calças em casa, vai adicionar algumas bermudas e trocar dois pares de sapato por chinelos! haha

Separe as roupas e depois reflita se você precisa mesmo de tantas assim!

Separe as roupas e depois reflita se você^precisa mesmo de tantas assim!

Depois de várias viagens, digo com certeza que para as mulheres 7 blusas são suficientes, porque você pode repetir uma a cada dia e como vai usar casaco, ninguém vai reparar muito. Além de ter as camisetas, que também podem ser usadas nos dias mais amenos.

Vale lembrar que você está de férias e não precisa de tantas roupas. Já para quem quer dar um up no visual, indico que leve quantos lenços e echarpes quiser. Sempre levo pelo menos uns quatro, sendo que um deles é mais quentinho.

Agora, uma coisa que não combina com viagem (pelo menos para quem anda muito) é sapato de salto fino. Se você minha amiga não abre mão de um saltinho básico, use pelo menos do tipo anabela ou daqueles que são quadrados e mais grossos. Não estrague a sua viagem e nem a da sua companhia por causa de um salto!

#PuloDoGato

– Choveu e molhou sua roupa e seu tênis? É simples deixe eles ao lado do aquecedor (ao lado, não em cima. Não cause um incêndio logo nas férias). No outro dia sua roupa vai estar sequinha.

-Não tem aquecedor? Uma dica para roupas mais finas é esticar ela na toalha, depois enrolar e torcer (sim, como torce roupa). Faça isso umas duas vezes e deixe a roupa estendida no banheiro. No outro dia ela também vai estar seca.

– Melecou o sapato e esqueceu de levar um saquinho? Pegue a touca de banho do hotel e guarde o sapato lá dentro. Não é o melhor dos lugares, mas pelo menos é plástico e vai quebrar um galho.

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

3 Comentários para: “Como fazer uma mala de viagem compacta: Truques e dicas para levar apenas o necessário!

  1. Larissa Castro

    Iara, tenho Fé que um dia consigo viajar só com mala de mão… hehehe meu maior problema é que (nos EUA) sempre quero comprar shampoo, perfumes e outros líquidos que não são permitidos trazer em bagagem de mão pela quantidade, mas vou botar como meta pra próxima viagem viajar sem despachar mala! Mas uma regra eu já sigo, nada de salto alto nas férias, hein?! Beijooos e adorei as dicas!!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *