Vaticano: subindo a Cúpula da Basílica de São Pedro e audiência com o Papa Francisco

Basílica de São Pedro. Foto: Emanuelle Rigoni

Basílica de São Pedro. Foto: Emanuelle Rigoni

E finalmente começamos a nossa série de posts sobre nossa viagem pela Itália e França! \o/\o/\o/

Ao longo das próximas semanas contarei em detalhes como foi nosso roteiro por esses dois países tão amados pelos brasileiros. Decidi que as publicações seguirão o roteiro, por isso hoje começamos com a emoção dos primeiros dias da viagem e já de cara vamos falar sobre o Vaticano, o menor Estado do mundo!

Mesmo sendo um lugar independente, na prática, o Vaticano está mais para um bairro de Roma e não dá nem para perceber onde ele começa e onde termina. Independente de sua religião, é um lugar a ser visitado, pois esse minúsculo ‘país’ tem muita coisa bonita para mostrar.

Praça São Pedro

Praça São Pedro

O primeiro lugar que visitamos em Roma: o Vaticano! Foto: Emanuelle Rigoni

O primeiro lugar que visitamos em Roma: o Vaticano! Foto: Emanuelle Rigoni

Vatican City

Fomos dois dias seguidos ao Vaticano. No primeiro conhecemos a Basílica de São Pedro e subimos até o topo dela, onde ficamos por um longo tempo aproveitando a vista de Roma. Já no segundo dia acompanhamos uma belíssima audiência com o Papa Francisco e conhecemos os famosos Museus do Vaticano. Não vejo como aproveitar esse lugar em menos tempo do que isso. É tudo muito grande e é preciso calma para absorver tanta informação.

Impossível não se perder com tantos detalhes!

Impossível não se perder com tantos detalhes!

Um pedacinho do teto.

Um pedacinho do teto.

Vatican city A Basílica é a maior e mais importante construção do Vaticano e foi projetada por ninguém menos que Michelangelo. Construída em 1626, a cúpula pode ser vista de quase todos os pontos de Roma. Chegava a ser engraçado: a gente calculava a distância que estávamos do hotel pela cúpula, pois estávamos hospedados perto do Vaticano. Quanto mais longe a cúpula, mais tínhamos andado!

Quer saber mais sobre a Itália? Clique aqui para ver um índice com TODOS os posts publicados no blog sobre esse país lindo! 

Existem muitas obras de arte na Basílica e você vai se impressionar com a quantidade de detalhes desde o chão até o teto. Então aproveite com calma e não deixe de olhar para todos os lados.

É possível subir até a cúpula e uma das mais belas vistas de Roma fica no alto da Basílica. Então um passeio que já é bonito, pode ficar ainda melhor se você tiver disposição. Falo isso pois chegar até a cúpula não é das tarefas mais fáceis. Existem duas formas de subir até ela:

1 – Pagar 5 euros e subir um a um os mais de 500 sinuosos degraus que separam o primeiro andar do topo.

2 – Pagar 7 euros, ir de elevador e ter que subir ‘apenas’ 300 degraus.

Olha a vista!

Olha a vista!

Vatican City

Vatican City

Optamos pela opção número dois e já cansa, mas cansa bastante (sedentarismo define), pois a escada é fina e em espiral. Ainda assim a vista é recompensadora! Ver a cidade do alto e a praça de São Pedro lá em baixo é absurdamente lindo.

Mas calma! Se você ficou triste por ter que subir mais algumas centenas de degraus, fique sabendo que o elevador te deixa na base e se você for idoso, estiver com crianças ou alguém com problema de locomoção, é só ficar nesse ponto.

Honestamente, a vista é quase a mesma de quem segue e sobe mais os 300 degraus. Então, se não puder ou não quiser se cansar, pegue o elevador e aproveite a vista no ponto em que ele para. Nessa área há um belo espaço e até uma loja de souvenir.

Vatican city

Vatican City

Vatican city

vatican city

Sentadinhos e comportados acompanhando a audiência com o Papa Francisco.

Sentadinhos e comportados acompanhando a audiência com o Papa Francisco.

E foi exatamente nessa lojinha que encontramos a Ana, uma freira brasileira que nos atendeu muito bem e nos contou que no dia seguinte haveria uma audiência com o Papa Francisco e que poderíamos participar. A orientação é sempre a mesma: vá até um dos agentes da guarda suíça e peça o seu convite. Simples e grátis.

E saber quem faz parte da Guarda Suíça é muito fácil: procure a pessoa com a roupa mais colorida e engraçada que com certeza será ele (me conte depois)!

Com o ingresso em mãos, voltamos no outro dia bem cedo. Como estava um pouco frio e havia chovido, a Praça São Pedro não estava lotada e foi uma surpresa (quase um susto) quando vimos o Papa não só passar por nós, mas parar e fazer selfie com alguns fiéis. Mesmo não sendo católica, foi um momento muito especial!

E a emoção de ter o Papa Francisco bem pertinho?

E a emoção de ter o Papa Francisco bem pertinho?!

 

Papa Francesco

Após a chuva, esperando o Papa Francisco. Foto: Emanuelle Rigoni

Após a chuva, esperando o Papa Francisco. Foto: Emanuelle Rigoni

Desculpa, por postar uma foto sua descabelada. Mas o amor é isso! haha

Desculpa por postar uma foto sua descabelada, amiga. Mas o amor é isso! haha

Como se não bastasse ver o Papa tão de pertinho, nossos amigos que viajaram conosco pela Itália viveram um momento lindo.

O Lucas e a Manu são noivos há alguns anos. Como já moram juntos, ele resolveu fazer uma bela surpresa: levou um anel e pediu que trocassem as alianças bem ali, diante do Papa! Foi lindo de ver a emoção dela. Agora, além de amigos, somos compadres!

Ficamos muito emocionados com isso, e a galera que estava por ali também. Confesso que muita gente até se esqueceu que o Papa estava por ali e só ficou observando a cena!

Fiquem ligados, no próximo post vou contar como foi a experiência de conhecer os museus do Vaticano e a Capela Sistina. 😀

Todo mundo!

Todo mundo!

Foto: Emanuelle Rigoni

Foto: Emanuelle Rigoni

Vatican city

É isso pessoal! Não se esqueçam de comentar os posts, isso ajuda o blog a ganhar vida, me orienta sobre as preferências de vocês e me estimula, pois a cada comentário fico muito feliz! Você também pode acompanhar a gente no Facebook e Instagram

5 Comentários para: “Vaticano: subindo a Cúpula da Basílica de São Pedro e audiência com o Papa Francisco

    • Ana Paula

      Parabéns o post está otimo, as dicas ótimas e a fotos belíssimas. Realmente a guarda suíça é ótima, tive i privilégio de tirar uma foto com eles e quero acompanhar todos os outros post da Italia que amo e da França que também tive o prazer de conhecer. Abs

      Responder
  1. Luiz Bruschi

    Valeu a dica, mas você não viu La Pietá, nem a Capela Sistina? Se não, deixou de apreciar duas das obras mais expressivas de Michelangelo Buonarroti.

    Responder
    • Iara Vilela Arquivos do autor: %s

      Oi Luiz. Tudo bem?
      Claro que fui aos Museus do Vaticano e como eles são muito relevantes fiz um post só pra eles! O texto deve entrar no ar nos próximos dias!

      abraços.

      Responder
  2. Karen Toyama

    Eu também subi e passei mal Rsrs! Como fui em Setembro o calor estava de matar, sem contar o cheirinho dos europeus que com certeza estavam uns 3 dias sem um bom banho! Meu marido queria me matar pois eu parava mesmo no meio da escada e me abanava loucamente e ainda dizia q estava fedido demais kkkkkkk achei q ia vomitar várias vezes! Mas chegue no topo e tudo valeu a pena, só não me convidem para o BIS pois jamais subiria novamente rsrsrs bjs

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *